Serra Pelada e Carajás: dois massacres que ajudam a contar a história da mineração no Brasil

Conhecer a história não é apenas importante, é fundamental. Entender o contexto histórico da mineração é crucial para qualquer um que queira entender a história…

Leia mais Serra Pelada e Carajás: dois massacres que ajudam a contar a história da mineração no Brasil

Ailton Krenak: “não existe democracia no Brasil e estamos sofrendo a terceira onda de invasão”

“Pensemos nas nossas instituições mais bem consolidadas, como universidades ou organismos multilaterais, que surgiram no século XX: Banco Mundial, Organização dos Estados Americanos (OEA), Organização…

Leia mais Ailton Krenak: “não existe democracia no Brasil e estamos sofrendo a terceira onda de invasão”

CPI do Senado pede indiciamento de Fabio Schvartsman, ex-presidente da Vale, por homicídio culposo. Impunidade de Mariana se repetirá?

A Comissão Parlamentar de Inquérito do Senado que investigou o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho recomenda o indiciamento por homicídio culposo de Fabio…

Leia mais CPI do Senado pede indiciamento de Fabio Schvartsman, ex-presidente da Vale, por homicídio culposo. Impunidade de Mariana se repetirá?

Mineração da Braskem destrói bairros inteiros em Maceió. Lucro líquido em dois anos atinge R$ 7 bilhões

Maior petroquímica das Américas, a Braskem é controlada pelo grupo Odebrecht e pela Petrobras. Somente nos últimos dois anos, registrou aproximadamente R$ 7 bilhões em…

Leia mais Mineração da Braskem destrói bairros inteiros em Maceió. Lucro líquido em dois anos atinge R$ 7 bilhões

Vale diz que “jamais esquecerá” Brumadinho e que será uma empresa mais “segura e previsível”. Discurso esbarra na realidade.

Eduardo Bartolomeo, funcionário de carreira da Vale que assumiu o cargo de diretor-presidente após Fabio Schvartsman ser afastado temporariamente por força da Polícia Federal e…

Leia mais Vale diz que “jamais esquecerá” Brumadinho e que será uma empresa mais “segura e previsível”. Discurso esbarra na realidade.

Mais de 1.000 dias depois, falta de punição e “novo acordo” entre Samarco/Vale/BHP e a justiça mostra que o crime compensa – e muito

Dois anos e meio ou quase 1.000 dias depois do maior crime ambiental da história do Brasil e um dos maiores do mundo, depois de…

Leia mais Mais de 1.000 dias depois, falta de punição e “novo acordo” entre Samarco/Vale/BHP e a justiça mostra que o crime compensa – e muito