“Houve negligência e omissão”, diz PGR

12227613_541250986022310_6834641186953841856_n

Força-tarefa nacional do MPF com 7 procuradores foi criada para investigar os danos causados pelo rompimento das barragens Fundão e Santarém, da mineradora Samarco, em Mariana, Minas Gerais.

Enquanto isso, no Espírito Santo, o MPF definiu plano de salvamento de peixes antes que a lama chegue ao estado. E em Minas Gerais, Samarco e Vale já estão sob investigação.

http://bit.ly/1QAS2IA

Maurício Angelo

Jornalista investigativo especializado em mineração, Amazônia, Cerrado, conflitos socioambientais, povos indígenas, crise climática e direitos humanos.

One thought to ““Houve negligência e omissão”, diz PGR”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *