Contaminada por lama da Vale/BHP, Abrolhos também pode sofrer com a exploração de petróleo

Desde que a lama da Vale/BHP percorreu os 700 km do Rio Doce, de Minas Gerais até o Espírito Santo, desembocando na foz, em Regência (ES), o Complexo de Abrolhos (BA/ES) estava nitidamente ameaçado. E toda a área marinha imediatamente afetada, lar de enorme biodiversidade. Agora, estudo da Universidade do Estado do Rio de Janeiro […]

Leia Mais

Acesse o estudo completo sobre os impactos da lama da Samarco feito por pesquisadores da UFES

Até o momento entregue somente para o ICMBio, conseguimos acesso e autorização da UFES para divulgar com exclusividade o estudo “Monitoramento da influência da pluma do Rio Doce após o rompimento da Barragem de Rejeitos em Mariana/MG – Novembro de 2015: Processamento, Interpretação e Consolidação de Dados“. Acesse aqui o relatório completo. São 254 páginas […]

Leia Mais

Estudo comprova: contaminação do Rio Doce é crônica e consequencias ainda são desconhecidas

O dobro de ferro, quatro vezes mais de alumínio e três vezes mais manganês do que havia no Rio Doce antes da chegada da lama tóxica da Samarco. Redução de 40% em diversidade e grande diminuição dos tipos de plânctons disponíveis, microalgas base da cadeia alimentar. Impactos ainda desconhecidos na saúde humana que só vão […]

Leia Mais